Código de Defesa do Consumidor tem versões acessíveis para pessoas com deficiência

Página inicial do Código de Defesa do Consumidor, com versões para deficientes visuais e auditivos

Publicado em: 08/12/2017


O Procon da cidade do Rio disponibiliza em seu site um link que oferece acessibilidade para que pessoas com deficiência visual e auditiva tenham acesso ao Código de Defesa do Consumidor (CDC).

Na página, criada pelo Ministério Público do Trabalho, o conteúdo do CDC está disponível em áudio e vídeos, adaptados para Libras (Língua Brasileira de Sinais) e para pessoas com deficiência visual. Além disso, há uma versão para leitura com recursos para ampliar a fonte do texto e inverter o contraste, para que a leitura fique mais agradável.

A página é compatível com smartphones e tablets e o consumidor pode baixar o conteúdo em áudio e texto para consultar quando quiser sem a necessidade de uma conexão com a internet.

Nos  postos físicos do Procon do Rio também há atendentes que interpretam Libras. Essa capacitação é permanente e feita no Instituto Nacional de Educação de Surdos (Ines). O site Procon Online e o aplicativo para celular Meu Procon-RJ são acessíveis para pessoas com deficiência, assim como o telefone 151 onde os consumidores podem tirar dúvidas sobre direitos e fazer denúncias. O Procon-RJ também oferece versões do Código de Defesa do Consumidor em Português, Inglês e Espanhol.

Disponível para download, o conteúdo pode ser acessado pelo site: http://www.pcdlegal.com.br/cdc/#.WhTMY1tSxdg

 

Leia mais: http://www.riosolidario.org/codigo-do-consumidor-tem-versoes-para-pessoas-com-deficiencia/

 

 

Por Stela Masson, 21/11/2017

Voltar para Notícias