Festival de cinema tem sessões com filmes acessíveis para pessoas com deficiência visual

Foto da "Catadora de Gente" Maria Tugira Cardoso, uma senhora de cabelos grisalhos presos. Ela está em um ambiente pouco iluminado.

Publicado em: 19/08/2018


46ª edição é a mais inclusiva da história do Festival  de cinema de Gramado

Pensando em proporcionar acessibilidade a todos que desejam viver o maior festival de cinema ininterrupto do Brasil, o Festival de Cinema de Gramado realiza em 2018 a edição mais inclusiva de sua história. Pelo menos 12 filmes terão recursos de acessibilidade como audiodescrição ou legenda descritiva (closed caption), possibilitando que pessoas com deficiência consigam prestigiar a exibição dos filmes.

Nos últimos anos, o recurso de audiodescrição – que narra com detalhes em tempo real as cenas que aparecem na tela – já foi incorporado à programação em algumas das sessões, bem como a legenda descritiva para que os surdos também consigam acompanhar a exibição. Além das sessões com acessibilidade, será promovido, dia 18 de agosto, no Teatro da FAURGS, a partir das 10h, o XIII Encontro Nacional da Legenda em Gramado, iniciativa apoiada pelo Festival e pela Gramadotur, autarquia realizadora do evento.

Fora de competição, acontece ainda, no Teatro Elisabeth Rosenfeld, uma mostra especial com recursos de acessibilidade de dois longas-metragens a serem definidos. Completando a programação acessível, o Festival contará com LIBRAS na noite de abertura, na noite de premiação da Mostra Gaúcha de Curtas e na cerimônia de encerramento.

Veja sinopses dos filmes e programação completa no site: http://www.festivaldegramado.net/competidores/catadora-de-gente-2018-rs/

Confira as sessões com acessibilidade do 46º Festival de Cinema de Gramado:

Sessões com legenda descritiva (closed caption)

Sexta-Feira, 17 de agosto

Filme de abertura: “O Grande Circo Místico”, de Cacá Diegues

Longa-metragem brasileiro: “A Voz do Silêncio” (SP), de André Ristum

Sábado, 18 de agosto

Curta-metragem brasileiro: “Um Filme de Baixo Orçamento” (SP), de Paulo Leierer

Longa-metragem estrangeiro: “Las Herederas” (Paraguai/Brasil/Uruguai/França/Alemanha), de Marcelo Martinessi

Curta-metragem brasileiro: “Guaxuma” (PE), de Nara Normande

Longa-metragem brasileiro: “Benzinho” (RJ), de Gustavo Pizzi

Sessões com audiodescrição ao vivo

Terça-feira, 21 de agosto

Curta-metragem brasileiro: “Catadora de Gente” (RS), de Mirela Kruel

Longa-metragem estrangeiro: “Mi Mundial” (Uruguai/Argentina/Brasil), de Carlos Morelli

Curta-metragem brasileiro: “A Retirada Para Um Coração Bruto” (MG), de Marco Antonio Pereira

Longa-metragem brasileiro: “Ferrugem” (PR), de Aly Muritiba

Ministério da Cultura, Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer e Snowland apresentam o 46º Festival de Cinema de Gramado. Lei de Incentivo à Cultura. Patrocínio: Stella Artois e Casa Aveiro By Dolores. Apoio especial: Gramado Parks. Apoio: Stemac Grupos Geradores, Lugano, Cristais de Gramado, Viviela London, G2 Net Sul e ENIT – Agência Nacional de Turismo da Itália. Apoio institucional: Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul, Fundacine, ACCIRS, IECINE, APTC/ABD RS, SIAV e Museu do Festival de Cinema de Gramado. Agência Oficial: Vento Sul Turismo. Transporte Oficial: Kia. Agente Cultural: AM Produções. Promoção: Prefeitura de Gramado. Financiamento Pró-Cultura RS, Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, Governo do Estado do Rio Grande do Sul. Realização: Gramadotur, Ministério da Cultura, Governo Federal.

Voltar para Notícias