Atletas paralímpicos brasileiros conquistam seu melhor resultado em Tóquio

Logo Jogos Paralímpicos de Tóquio é um círculo composto quadrados azuis e brancos e abaixo está escrito em letras maiúsculas Tokyo 2020,mais abaixo “Paralympic Games” e abaixo, três faixas nas cores vermelha, azul e verde.

Publicado em: 23/09/2021


País ficou em 7º lugar no ranking mundial.

Por Fátima El Kadri

O Brasil encerrou os Jogos Paralímpicos de Tóquio, no Japão, com 72 medalhas, igualando a quantidade das Paralimpíadas anteriores (Rio-2016), mas com o melhor desempenho na história da competição por ter conquistado mais medalhas de ouro. 

Assim, a equipe paralímpica garantiu a 7ª posição no ranking mundial, com o resultado final de 22 medalhas de ouro, 20 de prata e 30 de bronze contra 14 de ouro, 29 de prata e 29 de bronze na paralimpíada passada, quando terminamos em 8º lugar.

Em Tóquio, o primeiro lugar continuou com a China, que ficou com 207 medalhas; seguido da Grã-Bretanha, com 124, e dos Estados Unidos, que levaram 104 medalhas. 

A modalidade em que os paratletas brasileiros ganharam mais medalhas foi o Atletismo. Foram 8 de ouro, 9 de prata e 11 de bronze. Mas a natação foi um grande destaque, pois conseguiu o seu melhor desempenho em toda a história dos jogos, com 23 medalhas — 8 de ouro, 5 de prata e 10 de bronze

Aliás, o nadador Daniel Dias se consagrou como o maior atleta paralímpico brasileiro da história, sendo o único a ter 27 pódios na carreira. Em sua última participação em competições, ele conquistou 3 medalhas de bronze, e, agora, foi eleito como membro do Conselho dos Atletas do Comitê Paralímpico Internacional.

Outras modalidades que ganharam destaque devido aos resultados inéditos foram o Judô, com a primeira medalha de ouro feminina para Alana Maldonado, e a  halterofilista Mariana D’Andrea também conquistou o primeiro ouro na história da categoria.

História comprova que paratletas ganham mais medalhas

Vale ressaltar que os atletas paralímpicos são os que trazem mais medalhas para o Brasil. Nas Olimpíadas de Tóquio, terminamos com apenas  21 medalhas (7 de ouro, 6 de prata e 8 de bronze), o que significa que os paratletas conquistaram 51 medalhas a mais. 

Já nos jogos da Olimpíada Rio-2016, os números do quadro geral de medalhas foram: 7 de ouro, 6 de prata e 6 de bronze, totalizando 19 medalhas.

Com o resultado obtido, o Brasil superou 100 medalhas de ouro em Jogos Paralímpicos e manteve-se entre os 10 melhores países em esportes paralímpicos do mundo.  

Voltar para Notícias