Encontro da Rede reúne pessoas com deficiência, Ethos e SMPED

Descrição de Imagem: Logo da Rede Empresarial de Inclusão, uma letra I escrita em preto sobre três círculos coloridos nas cores amarelo, vermelho e azul. Os círculos se sobrepõem misturando suas cores e formando as cores laranja, verde e roxo. Do lado direito está escrito Rede Empresarial de Inclusão Social.

Publicado em: 27/03/2017


Protagonismo e Cidadania das Pessoas com Deficiência é tema do 26º encontro da Rede Empresarial de Inclusão Empresarial (REIS) que acontece na tarde de 31 de março de 2017, em São Paulo.

Os profissionais com deficiência que trabalham nas empresas integrantes da Rede foram convidados a se expressar desde antes da reunião, por meio de uma pesquisa sobre sua participação de movimentos de inclusão dentro e fora das empresas.

Durante o encontro serão realizadas duas oficinas, uma delas será conduzida pelo Instituto Ethos para elaboração do Guia Temático para inclusão das pessoas com deficiência (veja abaixo).

A parceria entre a REIS e o Instituto Ethos tem como objetivo promover ações induzam a melhoria da gestão, apoiem os gestores com dados estratégicos para a inclusão de pessoas com deficiência nas empresas brasileiras.

A outra oficina será com a Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência (SMPED), para divulgação da consulta pública para elaboração do Programa de Metas. Os gestores das empresas também participarão das consultas e pesquisas.

Neste encontro será reforçada ainda a divulgação do Pacto pela Inclusão. “Já avançamos muito mas ainda há muito o que fazer, por isso precisaremos sempre somar mais e mais. Este encontro é uma oportunidade de colocar em prática a premissa básica de união para promover avanços na transformação de sociedade inclusiva”, declara Eliane Raniere, uma das integrantes do grupo diretor da Rede.

Sobre a Rede Empresarial de Inclusão

Em 2 maio de 2012, no 26º Fórum de Empregabilidade Serasa Experian, e com a participação de mais de 60 empresas e da Organização Mundial do Trabalho (OIT), foi lançada a ideia da criação de uma rede nacional de empregadores de pessoas com deficiência, tendo como base a rede mundial já existente na época, com o mesmo objetivo. Como as políticas e práticas de inclusão social e de diversidade são importantes pontos de atenção para os participantes, algumas das empresas se voluntariaram a criar a Rede. No mesmo dia formou-se o grupo diretor com representantes das empresas Accenture, EY, Dow, Gtcon, GPA, IBM Brasil, Magazine Luiza, JLL, Natura, Raia Drogasil, Serasa Experian e TozziniFreire Advogados.

Além das 12 empresas parte do grupo diretor há atualmente cerca de 100 empresas integrantes da Rede Empresarial. O grupo é citado em publicações da OIT como referência em trabalho empresarial em rede colaborativa, devido às suas realizações. A cada bimestre são realizados encontros abertos para todas as empresas da Rede.

As organizações do Terceiro Setor e as autarquias governamentais também participam como convidados dos encontros, que visam abarcar o máximo de segmentos, com vistas ao cumprimento de sua importante missão de propagar boas práticas de inclusão no trabalho por meio da soma e união das diferentes iniciativas da sociedade. A rede disponibiliza ainda o site www.redeempresarialdeinclusao.com.br e manuais para implantação de boas práticas.

Sobre a Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência (SMPED)

Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência (SMPED) foi oficializada com a aprovação da Lei nº 14.659, de 26 de dezembro de 2007 e publicada no Diário Oficial da Cidade do dia 27 de dezembro de 2007.

A Secretaria tem como missão promover a transformação social necessária à inclusão das pessoas com deficiência. Assim, compete a ela conduzir, executar e articular as ações governamentais entre os órgãos e entidades da Prefeitura do Município de São Paulo e os diversos setores da sociedade, visando à implementação da política municipal para as pessoas com deficiência, além de desenvolver projetos com o objetivo de melhorar a qualidade de vida da pessoa com deficiência.

Fazem parte da estrutura básica da Secretaria, as Coordenadorias de Projetos de Inclusão, de Administração e Finanças e a Comissão Permanente de Acessibilidade.

Vinculado a SMPED, está também o Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência (CMPD), sendo interlocutor direto da Secretaria com a sociedade. O conselho é o órgão de representação das pessoas com deficiência perante a Prefeitura de São Paulo. Sua função é elaborar, encaminhar e acompanhar a implementação de políticas públicas de interesse da pessoa com deficiência na saúde, na educação, no trabalho, na habitação, no transporte, na cultura, no lazer, nos esportes, enfim, na acessibilidade aos espaços públicos.

Sobre os Guia Temático e Indicadores Ethos

Dentre as agendas nas quais atua o Grupo de Trabalho de Direitos Humanos, do Instituto Ethos, a questão da diversidade sempre esteve em pauta. A última Conferência Ethos, realizada em setembro deste ano contou com o painel: Gestão da inclusão de PCDs, que tratou das barreiras e dificuldades de gestão das empresas em promover a inclusão de pessoas com deficiência, mesmo com a obrigação de cumprimento da cota definida por lei. A elaboração dos Indicadores Ethos com este recorte específico reforça a aproximação com o tema e os trabalhos que já vem sendo desenvolvidos pela REIS. Em 2015 o movimento lançou os Indicadores REIS de Inclusão Social, aplicados de outubro a dezembro daquele ano por 27 empresas que já atuam com boas práticas na inclusão de PCDs. A experiência e as práticas dessas empresas serão inputs para o novo Guia Temático dos Indicadores Ethos, que será elaborado com constante envolvimento das empresas que fazem parte da REIS.

Os guias temáticos são organizados a partir de um recorte do questionário dos Indicadores Ethos para Negócios Sustentáveis e Responsáveis: considera-se o tema proposto para a seleção de indicadores do questionário e se acrescentam novos indicadores para aprofundar o tema, mantendo-se a mesma estrutura de dimensões, temas, subtemas, questões de profundidade, questões binárias e questões quantitativas.

Os Indicadores Ethos são uma ferramenta de gestão que visa apoiar as empresas na incorporação da sustentabilidade e da responsabilidade social empresarial (RSE) em suas estratégias de negócio, de modo que esse venha a ser sustentável e responsável. A ferramenta é composta por um questionário que permite o autodiagnostico da gestão da empresa e um sistema de preenchimento online que possibilita a obtenção de relatórios, por meio dos quais é possível fazer o planejamento e a gestão de metas para o avanço da gestão na temática da RSE/Sustentabilidade.

Os Guias Temáticos foram desenvolvidos para avaliar e acompanhar o desempenho das empresas signatárias de compromissos e pactos promovidos pelo Instituto Ethos e em parceria com outras organizações. Tais guias estão disponíveis também para as empresas que ainda não aderiram a esses pactos e compromissos, mas desejam aprofundar-se nos temas propostos.

Para mais informações, entre no site www.redeempresarialdeinclusao.com.br

 

Por Stela Masson, 26/03/2017

Voltar para Notícias