Guia prático de acessibilidade digital traz informações técnicas e jurídicas sobre o tema

Imagem com fundo em preto e branco, com quadro branco escrito em preto e caixa alta: Guia Prático de Acessibilidade e inclusão Digital

Publicado em: 13/12/2021


A iniciativa é do escritório de advocacia Machado Meyer Advogados.

Por Fátima El Kadri

De acordo com dados do IBGE, cerca de 6,7% da população brasileira tem algum tipo de deficiência e 15% da população mundial, segundo a ONU.  Em contrapartida, dos 14 milhões de sites testados no Brasil, menos de 1% são considerados acessíveis. 

Num cenário onde a inclusão social passa, necessariamente, pelo digital, torna-se ainda mais necessário que toda a comunicação feita pela internet seja acessível, com a aplicação de tradutores de texto para Libras, conversores do texto em áudio, contraste e aumento da letra, entre outras ferramentas. 

Pensando nisso, o escritório de advocacia Machado Meyer Advogados acaba de lançar o Guia Prático de Acessibilidade e Inclusão Digital, um material gratuito e totalmente acessível que aborda, de forma simples, os principais pontos da legislação sobre a acessibilidade — o que diz a Convenção sobre os Direitos da Pessoa com Deficiência, a Constituição Federal e a Lei Brasileira de inclusão —  além de práticas de educação inclusiva e as nomas para deixar o ambiente digital mais acessível. 

Acesse o guia completo neste link. 

Voltar para Notícias