Inaugurado em Pernambuco o primeiro laboratório de formação de cão-guia do País

Descrição de Imagem: Desenho de um cão guia sendo segurado por uma mão.

Publicado em: 20/05/2016


 

No dia 25 de abril foi inaugurado o primeiro laboratório de formação de cão-guia do País, na cidade de Paulista (PE). voltado a preparar o animal para andar no ambiente urbano, o local simula uma avenida com semáforo sonoro e demais obstáculos para cegos, comumente encontrados nas cidades, como orelhões, desníveis na calçada, árvores e postes.

O projeto social é do Kennel Club de Pernambuco, que oferece treinamento gratuito e entregará dois cães-guia este ano.

A professora de braile e informática Ketyane Barros, 30, foi a primeira usuária de um guia pernambucano. Cega de nascença, tem o golden retriever Simba como companheiro desde 2013. “Hoje sinto muito mais prazer e autonomia em andar por aí, seja o local já conhecido ou não. Até a população muda sua relação conosco”.

O poder social também é citado pelo usuário José Carlos Amaral, 33. “O cão é um ótimo embaixador. Quando estamos juntos, sou bem recebido aonde quer que eu vá”.

A quantidade de lugares também cresce, com a companhia do cão-guia. Para o professor de ensino fundamental Gustavo Tavares Dantas, 40, a vida se divide entre antes e depois da chegada da golden retriever Aisha. “O cão percebe e nos avisa de objetos, mesmo suspensos – como pedaços de madeira, fios, orelhões. Era comum eu bater a cabeça ou pisar na única poça de lama de uma rua, por exemplo. Agora saio sem medo.”

A cada três meses os cães voltam ao Kennel para fazer um curso de reciclagem. O aprendizado pode ser perdido com o tempo, a depender do dia a dia do cão. Depois de oito anos de trabalho, eles são aposentados e viram pets dos usuários.

Entenda como é criado um cão guia:

1. O cão é escolhido em uma ninhada de Golden Retriever ou Labrador com cerca de 60 dias
2. É levado para uma casa de voluntários para viver como pet por até oito meses
3. Já socializado, é levado ao Kennel Club para receber treinamento de obediência
4. Depois do adestramento, aprender a se locomover no laboratório de treino
5. Durante três meses é treinado juntamente com o dono
6. Passa a viver com o usuário, mas o treinamento continua, até que o animal aprenda o caminho de casa até o trabalho do usuário.
Fonte: Folha de Pernambuco

Voltar para Notícias