Instituições e Amazon premiam desenvolvedores digitais que priorizam a acessibilidade

#descriçãodaimagem: imagem mostra o logo da Amazon Alexa. Na parte superior, é um balão com contorno azul e fundo branco. Embaixo dele, está escrito Amazon Alexa.

Parceria entre Amazon, Fundação Dorina Nowill e Instituto Jô Clemente visa incentivar desenvolvedores a aprimorarem ferramenta tecnológica da empresa para a inclusão de pessoas com deficiência. 

Por Fátima El Kadri 

Você já parou para pensar em como a tecnologia vem melhorando a vida das pessoas com deficiência nos últimos anos, ajudando os cegos a compreenderem o que está na tela de um computador, por exemplo? 

Coisas que até pouco tempo atrás nem poderíamos imaginar, como leitura do texto da tela em voz alta, tradução automática do conteúdo em LIBRAS, estão se tornando cada vez mais comuns graças às tecnologias assistivas, que utilizam a inteligência artificial para facilitar a vida de quem tem alguma deficiência. 

Com o intuito de avançar ainda mais nessa área, a Amazon lançou o Prêmio Alexa de Acessibilidade, que visa premiar desenvolvedores de todo o país que consigam criar skills (linguagem ou tecnologia) capazes de ampliar as ações de sua robô, Alexa, no auxílio a pessoas com deficiência. 

A Alexa é a personagem baseada em inteligência artificial da Amazon, que atende ao usuário através de comando de voz e interage com ele. Ela está disponível nos dispositivos da empresa, como Kindle e Echo. 

O objetivo é que as pessoas com deficiência visual, intelectual e física, possam ter ainda mais autonomia por meio dessa tecnologia, que, hoje, é uma das principais formas de promover a inclusão.

Premiação contempla desenvolvedores e instituições de apoio a pessoas com deficiência

Com a parceria do instituto Dorina Nowill para cegos e o Instituto Jô Clemente, a Amazon vai selecionar as melhores skills apresentadas e premiá-las, conforme abaixo:

1º lugar: o vencedor ganha  R$ 10.000, 1 Echo Studio e o direito de escolher uma ONG de uma lista determinada pela Amazon, para receber a doação de R$ 50.000.

2º lugar: o segundo lugar ganha R$ 5.000, 1 Echo Show 8 e o direito de escolher uma ONG para receber a doação de R$ 35.000. 

3º lugar: ganha um Echo Show 8, um Echo, um kit de Casa Inteligente da Positivo, e também pode escolher uma das ONGs selecionadas para receber a doação de R$ 15.000.

As inscrições para o Prêmio Alexa de Acessibilidade vão até o dia 17/12. Confira o regulamento e saiba como participar neste link.

Voltar para Notícias