Jovem autista é indicada a Nobel da Paz pela defesa do clima do Planeta

Boneco gigante representando a estudante Greta Thunberg durante uma das manifestações pelo clima

Aos 16 anos, a jovem Greta Thunberg surpreendeu o mundo ao faltar à aula e ir protestar em frente do parlamento da Suécia. De agosto para cá, ela ganhou adeptos em sua luta e tornou-se líder do movimento estudantes global contra a crise climática. Recentemente, a estudante foi indicada para o Prêmio Nobel da Paz. A justificativa foi “o gigantesco movimento que Greta pôs em ação é uma contribuição muito importante para a paz mundial”.

O marco aconteceu no dia 15 de março, oito meses após seu protesto individual, ela estimulou 1,5 milhão de pessoas a irem às ruas de 100 países com a mesma reivindicação: #schoolstrike4climate. Por defender o clima do planeta e falar de adolescente para adultos, Greta foi considerada a mulher mais influente do ano na Suécia.

Greta tem Síndrome de Asperge e é adepta ao veganismo. Em seu discurso durante a Conferência do Clima (COP24), das Nações Unidas, em dezembro, ela foi taxativa:  

“No ano de 2078 vou celebrar meu 75º aniversário. Se eu tiver filhos, talvez eles passarão esse dia comigo. Talvez eles perguntem sobre vocês, talvez eles perguntem por que vocês não fizeram nada enquanto ainda havia tempo para agir. Vocês dizem que amam seus filhos acima de todo o resto, mesmo assim estão roubando o futuro deles bem na frente de seus olhos. Até vocês focarem no que precisa ser feito ao invés do que é politicamente possível, não há esperança”, disse.

Apesar das dificuldades inerentes a uma pessoa autista, a estudante soma 300 mil seguidores no Twitter e aprendeu a conviver com as restrições. Admite falar apenas quando necessário.

“Para nós autistas, quase tudo é preto e branco. Normalmente não mentimos e não gostamos de participar de jogos sociais, que parecem tão atraente a maioria de vocês”, completou.

Assista o discurso da Greta Thunberg na Cop 24 acessando o link:

Texto: Adriana do Amaral

Voltar para Notícias