Lei de Cotas do Brasil ganha capítulo em livro alemão e é referência em conferências internacionais

Na foto, Dr. José Carlos do Carmo, Kal, segura as duas edições do livro, uma escrita em Inglês e a outra em Alemão. Ele está sorrindo. As capas são nas cores vermelha, cinza e preto.

 

A importância da Lei de Cotas para pessoas com deficiência e reabilitados, assim como as ações de fiscalização desenvolvidas pela auditoria fiscal do trabalho em nosso país, tem despertado o interesse de pesquisadores e ativistas da inclusão em outros países.

Duas instituições internacionais realizaram seminários sobre a inclusão das pessoas com deficiência no trabalho e convidaram Dr. José Carlos do Carmo (Kal), coordenador do Projeto de Inclusão da Pessoa com Deficiência em São Paulo, do Ministério do Trabalho e da Câmara Paulista para a Inclusão da Pessoa com Deficiência, para falar sobre a experiência brasileira.

As duas conferências foram: “Encontro sobre Inclusão – 2017” (2017 Inclusion Summit) em Boston, Estados Unidos em novembro de 2017 e, em março do mesmo ano, foi realizada a conferência “O Direito ao Trabalho para Pessoas com Deficiência – Perspectivas Internacionais” (The Right to Work for Persons with Disabilities − International Perspectives”), em Kassel, Alemanha.

A Conferência alemã resultou na publicação do livro O Direito ao Trabalho para as Pessoas com Deficiência – Perspectivas Internacionais – uma versão em Alemão e a outra em Inglês – que está à venda no site da Amazon (goo.gl/e5DCnE). Dr. José Carlos do Carmo, Kal, é um dos co-autores do livro, no capítulo “A Lei de Cotas para as Pessoas com Deficiência – A Experiência Brasileira”, que também foi o tema de sua apresentação.

“O convite foi uma forma de reconhecimento das conquistas do trabalho desenvolvimento aqui no âmbito do Ministério do Trabalho e da Superintendência Regional de São Paulo”, avalia Kal.

 

 

Voltar para Notícias