Operadora promove ações conjuntas para a inclusão de pessoas com deficiência

divulgação do aplicativo guiaderodas, com opções para os clientes indicarem se o local é "destaque em acessibilidade", "acessível", "parcialmente acessível", ou "não acessível"

Publicado em: 01/08/2019


Clientes da Operadora Vivo podem acessar pela rede da operadora, sem cobrança de dados, o Guiaderodas, que consulta, avalia e classifica a acessibilidade de qualquer espaço de visitação pública.

A iniciativa faz parte de uma série de ações voltadas às pessoas com deficiência, que incluem a retenção e o desenvolvimento e de profissionais com deficiência, divulgação de vagas de trabalho, investimento na acessibilidade da sede da operadora em São Paulo, chamada de Ecoberrini – que foi submetida à vistoria de arquitetos especializados e também de pessoas com deficiência -, além do treinamento de seguranças, porteiros, bombeiros e recepcionistas.

A empresa prepara também suas lideranças, gestores e equipes de RH para quebrar paradigmas relacionados à pessoa com deficiência, assim como para contratar, receber, desenvolver e incluir estes profissionais. Para isso, mantém uma parceria com o Instituto Modo Parités, Inclusão Social na Prática.

No ano passado, a Vivo assinou o Pacto pela Inclusão de Pessoas com Deficiência, documento com diretrizes e compromissos elaborado pela Rede Empresarial de Inclusão Social e endossado pela Organização Internacional do Trabalho (OIT).

Também em 2018, a operadora apresentou o Programa Vivo Diversidade, com ações e políticas para combater o preconceito e a discriminação contra pessoas com deficiência e as diversas etnias, orientações sexuais e identidades de gênero.

A operadora está ampliando iniciativas voltadas à diversidade e assinou o Pacto pela Inclusão de Pessoas com Deficiência. Aplicativo avalia espaços de visitação pública e concede o Selo Guiaderodas de acessibilidade. Entre os locais certificados está o Allianz Parque. Confira no #blogVencerLimites um mapa de turismo acessível.

TURISMO ACESSÍVEL – Um destaque do aplicativo é o Selo Guiaderodas, que confirma a acessibilidade no ponto avaliado. Entre os locais mais conhecidos que receberam o selo está o Allianz Parque, certificado em 2017.

Em dezembro de 2018, o estádio recebeu também o Selo de Acessibilidade Arquitetônica, concedido pela Comissão Permanente de Acessibilidade (CPA), vinculada à Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência (SMPED) da Prefeitura de São Paulo.

A SMPED mantém em atualização online constante o Mapa de Rede de Serviços Acessíveis, que destaca equipamentos públicos acessíveis para consulta e análise, com endereço e telefone, além de detalhes sobre recursos específicos e a situação geral do local.

São Paulo tem também o programa Cultura Inclusiva, parceria da SMPED com a Secretaria Municipal de Cultura (SMC) – apoio do Itaú Unibanco -, que promove a acessibilidade comunicacional em teatros e equipamentos de cultura, oferecendo recursos arquitetônicos, Libras e audiodescrição, com programação gratuita divulgada todo mês.

fonte:

https://brasil.estadao.com.br/blogs/vencer-limites/vivo-libera-acesso-gratuito-ao-guiaderodas/ Luiz Alexandre Souza Ventura / 30 de julho de 2019

Voltar para Notícias