Samba para surdo ouvir em São Paulo

em fundo colorido, onde estão destacados do lado esquerdo uma máscara de carnaval e do lado direito o símbolo da tradução em libras, lê-se a frase Samba com As Mãos.
em fundo colorido, onde estão destacados do lado esquerdo uma máscara de carnaval e do lado direito o símbolo da tradução em libras, lê-se a frase Samba com As Mãos.

Ao traduzir os sambas-enredo das 14 Escolas de Samba do Grupo de Elite paulistana, a Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência (SMPED) incluiu o folião surdo na festa do Momo. O projeto “Samba com as Mãos, em sua 4ª edição, pode ser acompanhado nas vinhetas oficiais do carnaval 2019, pela TV, pelo Canal da SMPED no You Tube. Durante o carnaval, o serviço também poderá ser acessado nos desfiles pelos telões do Espaço da Cidade, no Sambódromo do Anhembi.

“O Carnaval, essa grande festa que faz parte da cultura brasileira, é um bom momento para aumentar a conscientização e sensibilização das pessoas sobre as questões relativas aos direitos das pessoas com deficiência. A atividade inclusiva é um grande estímulo para a participação deste público nas ações da cidade. Com o grande resultado obtido nas edições anteriores, queremos ampliar o projeto, e divulgá-lo para que mais pessoas participem e se emocionem”, afirma Cid Torquato, Secretário Municipal da Pessoa com Deficiência.

As gravações demandaram três dias de trabalho, em estúdio. A maior dificuldade foi adaptar as letras, o que apenas foi possível a partir do trabalho conjunto entre os autores das letras e os intérpretes de libras.

Texto: Adriana do Amaral

Voltar para Notícias