Serviço possibilita mobilidade para pessoas com deficiência

Descrição de Imagem: Fotografia de um funcionário do serviço Atende auxiliando no embarque de uma mulher cadeirante. Eles estão na frente da van do serviço sobre a plataforma elevatória da van adaptada.
Motorista de van adaptada, integrante da frota do serviço Atende, auxilia passageira na cadeira de rodas

Publicado em: 25/09/2016


A mobilidade é fundamental para todos e também é essencial para a autonomia das pessoas com deficiência, especialmente quando se trata de locomoção para o trabalho. Cabe ao Poder Público oferecer transporte acessível em ônibus, trens e metrôs, assim como serviços especiais para casos mais severos ou para locais onde o transporte público não alcança.

Na cidade de São Paulo, o Serviço de Atendimento Especial, conhecido como Atende, foi implantado em maio de 1996 para transportar pessoas com deficiência física com alto grau de severidade e dependência para realizar tratamentos médicos, estudos, trabalho e lazer. Ele oferece transporte gratuito porta a porta, em vans adaptadas, em três modalidades de atendimento: regular, eventual e de eventos.

Atualmente, são feitos 4.882 transportes de passageiros com deficiência por mês, além de 3.574 acompanhantes, segundo dados da secretaria municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida de São Paulo. As pessoas com mobilidade reduzida, que não podem utilizar o transporte comum ou os coletivos adaptados, acessam o serviço por meio de inscrição nos postos de atendimento da SPTrans.

O atendimento é prestado a clientes cadastrados e conta com 388 veículos adaptados, que operam das 7h às 20h e, em casos especiais, após esse horário. Com 20 anos de atividades, o Atende roda cerca de um milhão e meio de quilômetros por mês e faz mais de dois milhões de viagens por ano.

Táxi Acessível

Em 2013, foi criado o projeto piloto para o atendimento com taxis acessíveis, com alto nível de aprovação pelos usuários atendidos.

Em setembro de 2014, foi iniciado o atendimento das viagens eventuais com esse modo de transporte, o que propiciou maior agilidade, qualidade e economia ao serviço.

Essa modalidade possibilitou que, no segundo semestre de 2015, fosse criado o atendimento noturno, disponibilizado no retorno de escolas e faculdades após as 20h.

O Atende participa de “eventos aos finais de semana”, nos quais os pedidos de transporte são feitos com uma semana de antecedência pelas instituições que trabalham com pessoas com deficiência. Durante a Copa do Mundo de 2014, o Atende realizou o transporte dos jogos que aconteceram em São Paulo e  são realizados atendimentos nos eventos que acontecem na cidade, como a Fórmula 1 e o Carnaval.

Segundo pesquisa realizada com 150 beneficiados do Atende por meio de uma escala de 0 a 10, na média, recebeu nota 9,51. Entre os autistas, o desempenho foi ainda melhor: 9,6. Os entrevistados foram solicitados a atribuir notas a diferentes aspectos do sistema, desde o processo à inscrição, acessibilidade, tempo de espera e postura dos funcionários.

Todos os resultados ficam acima de 8,2, com destaque para a competência do serviço, que tem conceito de 9,3.

Para mais informações, ligue: 0800 01 55 234, ou envie e-mail para: [email protected]

Voltar para Notícias