Turismo Acessível tem guia colaborativo com avaliação de usuários

Para aprimorar o acesso ao lazer no País, foi criado o site colaborativo do Guia do Turismo Acessível

Publicado em: 28/06/2016


O turismo de acessibilidade se justifica de várias formas, incluindo sob o aspecto financeiro. Segundo estimativas do IBGE, em 2025 o Brasil terá 15% da população com mais de 60 anos. Somadas aos 23,9%  de pessoas que já têm mobilidade reduzida, serão cerca de 40% de brasileiros usuários de dispositivos e equipamentos especiais, que representarão mais de 80 milhões de pessoas.

Para aprimorar o acesso ao lazer no País, o ministério do Turismo oferece o Guia do Turismo Acessível nos idiomas  português, espanhol e inglês. Trata-se de um site colaborativo, onde internautas podem avaliar a acessibilidade de hotéis, restaurantes e atrações diversas. O guia também está disponível por meio de aplicativo para dispositivos móveis nos três idiomas, para ser baixado gratuitamente.

Como uma parcela significativa de pessoas ainda vive com pouco acesso à maioria dos produtos culturais oferecidos em museus e exposições,  algumas experiências de inclusão por meio de atendimento em Língua Brasileira de Sinais (Libras) e áudio descrição e equipamentos táteis para os cegos ou pessoas com baixa visão, têm mostrado a importância do turismo acessível para os cerca de 45 milhões de brasileiros que apresentam algum tipo de deficiência (destes, 3.6% têm deficiência visual e 1.1%, deficiência auditiva).

Para conhecer e utilizar o Guia, acesse: http://www.turismoacessivel.gov.br/

Voltar para Notícias